Categorias
4.events Informações Notícias

Marco Legal das Startups: o que é e quais são os benefícios

O crescimento das Startups no mercado é visível e elas estão cada vez mais presentes em nosso cotidiano. Conhecidas por sua capacidade de inovação e adaptação, as Startups têm apresentado crescimento em períodos de crise, destacando-se no mercado e entre os consumidores. 

O Marco Legal das Startups foi sancionado no dia 1 de junho de 2021 pelo governo federal, a sanção dessa lei é extremamente importante para o setor, pois facilita as negociações e oferece inúmeros benefícios a esse tipo de empreendimento.

Neste artigo, iremos explicar tudo sobre a sanção desta lei, sua definição e seus benefícios. Continue conosco!

O que é o Marco Legal das Startups? 

O Marco Legal das Startups é uma lei, mais precisamente a lei complementar nº 182/21, que visa fomentar a criação de negócios inovadores e a oferta de capital para investimento neste tipo de empreendedorismo, além de estabelecer princípios e diretrizes para a sua atuação junto à administração pública, facilitando o processo de contratação por meio de licitações. 

Princípios e Diretrizes que instituem o Marco Legal

A lei complementar nº 182 definiu princípios e diretrizes importantes para as empresas no artigo 3°, tais princípios permitem:

  • Reconhecer as Startups como propulsoras de desenvolvimento econômico, social e ambiental; 
  • Tornar o ambiente favorável para o empreendedorismo inovador, trazendo segurança aos investidores e liberdade contratual – essa segurança se dá pela própria instituição da lei; 
  • Modernizar o ambiente de negócios; 
  • Gerar postos de trabalho qualificados;
  • Estimular a produtividade e competitividade do empreendedorismo inovador no mercado; 
  • Desburocratizar a contratação de startups pela administração pública;
  • Promover a atração de capital estrangeiro.

A importância da definição do que é uma Startup

Anteriormente, não havia uma legislação específica que definisse o que caracteriza uma Startup, gerando muita especulação do que seria este tipo de empreendimento. A sanção do Marco Legal das Startups proporcionou essa definição.

Dessa forma, conforme capítulo II do artigo 4º, as startups são organizações empresariais ou societárias cuja inovação é aplicada ao modelo de negócio ou a produtos ou serviços que devem ter receita bruta anual de até 16 milhões de reais e até dez anos de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica ( CNPJ). 

jovens reunidos em marco legal das startups

Mais segurança para os investidores

Com a sanção de uma legislação que trata especificamente deste tipo de empreendedorismo, os investidores podem investir nas startups sem receio, afinal, têm seus direitos garantidos pela legislação.

O marco define os critérios para o investidor-anjo, segundo o artigo 2 parágrafo I. este investidor “não é considerado sócio nem tem qualquer direito a gerência ou a voto na administração da empresa, não responde por qualquer obrigação da empresa e é remunerado por seus aportes”

Por não ser considerado sócio, o investidor-anjo tem seu patrimônio protegido no caso de dívidas ou falência. A definição deste tipo de investidor impulsiona o crescimento e a criação de startups, visto que a segurança jurídica os blinda de precisar arcar com imprevistos trabalhistas.

Facilidade de contratação por meio de licitação

Licitação é um conjunto de procedimentos administrativos realizados pela administração pública para contratar e comprar serviços seguindo os critérios estabelecidos pela legislação. Sendo assim, o Marco Legal das Startups formaliza a contratação de serviços prestados pelas empresas pelos governos federal, estadual e municipal. 

Desse modo, as Startups terão seus processos de contratação desburocratizados, facilitando suas negociações. 

Como constatamos, no artigo, o Marco Legal das Startups veio para facilitar a vida das empresas inovadoras, assim como formalizar de modo legal a importância das Startups para a sociedade, considerando toda a inovação que essas empresas já proporcionaram ao mercado. 

A 4.events é uma startup inovadora do setor de eventos cujo objetivo é facilitar a vida dos organizadores reunindo todas as funcionalidades essenciais para um evento em apenas uma plataforma. Quer conhecer mais sobre a gente? Entre em contato conosco.

Categorias
Notícias 4.events Informações

Janguiê Diniz e 4.events se unem em parceria de sucesso!

Todos os dias buscamos novidades e soluções para nosso público, pois sabemos que lidar com a pandemia tem sido desafiador para todos nós. Sendo assim, estamos aprimorando nossos serviços de modo que a plataforma fique cada dia melhor. Recentemente, estabelecemos uma parceria com Janguiê Diniz, fundador e presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional. Agora fazemos parte de sua empresa de investimento, Epitychia. 

Essa parceria promete ser um sucesso, pois nossa plataforma está em ascensão. Estamos, aos poucos, inserindo novidades a fim de tornar a experiência dos organizadores e dos participantes dos eventos inesquecíveis. Desse modo, Janguiê  Diniz vem para acrescentar com seus conhecimentos e autoridade no mercado.

Neste artigo, vamos discorrer sobre essa parceria, continue conosco!

Quem é Janguiê Diniz?

janguiediniz

Janguiê Diniz nasceu no Distrito de Santana dos Garrotes na Paraíba. De família pobre e humilde, começou a trabalhar aos 8 anos como engraxate. Sendo conhecido como o empresário ex-engraxate que alcançou a lista da Forbes. Janguiê formou- se em Direito e Letras, tendo exercido carreira pública e fundado o Bureau Jurídico durante esse período – um dos cursos preparatórios de maior sucesso da região. Em seguida, ele começou a investir em congressos nacionais e internacionais da área jurídica, chegando a organizar um evento com mais de 7 mil participantes. 

Em 2003, criou a Faculdade Maurício de Nassau, UNISSAU, que integra o Grupo Ser Educacional, um dos maiores grupos educacionais do Brasil, atendendo mais de 160 mil estudantes, 60 unidades distribuídas no país e mais de 11 mil colaboradores. O grupo inclui marcas, como: UNISSAU, UNIBUCO, UNAMA, UNG, UNIVERITAS e UNINORTE.

Além disso, Janguiê é presidente da Epitychia, uma empresa de investimentos – focada em Private Equity, Venture Capital e Real State – cuja visão é ser referência no mercado e atrair os melhores projetos e investimentos.

A 4.events no decorrer dos anos

Nós, como produtores de eventos, sabemos as dificuldades inerentes à gestão de suas etapas, dessa forma buscamos soluções inovadoras para otimizar esses processos. Assim, surgiu a 4.events: um software self-service e 360º graus que oferece funcionalidades essenciais para qualquer organizador de eventos. 

Inicialmente, éramos conhecidos como vpEventos, mas – com a crescente demanda internacional – vimos a necessidade de atualizar nossa marca para 4.events. Na pandemia de coronavírus, ampliamos nossos serviços para os eventos online e híbridos, oferecendo feiras virtuais e a possibilidade de transmitir o evento em um estúdio exclusivo, além de outras ferramentas úteis para esse tipo de evento. 

Ademais, organizamos grandes eventos, como: 

  • Case Startup Summit, que reuniu mais de 30 mil participantes em 5 dias de conteúdo durante 24h por dia. 
  • Neodent Brasil, que contou com aulas de palestrantes renomados da área de odontologia e uma cirurgia ao vivo por meio de nosso estúdio de transmissão.
  • “Não Pare, Adapte”, organizado pela Exact Sales, este evento contou com mais de 8 mil participantes e tivemos cerca de mil pessoas assistindo palestras simultaneamente.
  • Evento da Canção Nova, com a presença de mais de 20 mil participantes em um mês de atividades.

O que esperar dessa parceria? 

Janguiê Diniz é um empreendedor comprometido com o desenvolvimento educacional do país. O papel da educação em sua trajetória foi fundamental para o seu sucesso. Desse modo, como nossos valores estão alinhados, a tendência desta parceria é promover a expansão do setor.

A pandemia impulsionou a realização dos eventos online ou híbridos, assim como promoveu o crescimento da educação a distância; logo, a demanda por plataformas completas e eficientes aumentou. Desde nossa fundação buscamos oferecer funcionalidades inovadoras e capazes de suprir as necessidades dos seus usuários. 

Portanto, temos certeza que essa parceria irá promover crescimento e desenvolvimento ao mercado. Fiquem atentos que vem coisa boa! 

Categorias
Notícias

4 Passos para Garantir e Organizar Eventos de Sucesso

Organizar eventos de sucesso tem um potencial enorme de gerar bons resultados, atrair novos clientes e impactar uma marca diante do mercado.

Apesar das novas medidas de segurança para conter a contaminação da Covid-19, sendo uma delas evitar aglomerações, isso não impede que a sua empresa possa se conectar com pessoas por meio de um evento online.

Aliás, cada vez mais cresce o número de empresas que realizam desde treinamentos até seminários utilizando as ferramentas digitais. Quer saber quais são os passos para garantir e organizar eventos de sucesso? Confira estas dicas que preparamos exclusivamente para você!

1 – Para organizar eventos de sucesso, defina o tipo de evento ideal

O primeiro passo para organizar um evento de sucesso é ter em mente qual tipo de evento sua empresa quer organizar:

• Treinamentos

• Seminários

• Congressos

• Palestras

• Confraternizações

• Convenções

• Lives

• Webinário

Esses são alguns dos tipos de eventos mais comuns realizados por empreendedores digitais e grandes empresas. Cada um tem objetivos e dinâmicas específicas e, exatamente por isso, requer uma organização diferente que possa entregar aos participantes aquilo que foi prometido previamente.

Por exemplo, vamos supor que sua empresa precisa organizar um evento para divulgar o lançamento de um produto novo. Isso pode ser feito de maneira muito assertiva por intermédio de uma live com especialistas ou até mesmo um congresso um pouco mais amplo com temáticas afins com o produto ou serviço específico. 

2 – Escolha uma boa plataforma para transmitir seu evento

Outro ponto essencial, ainda mais agora em tempos de lives e eventos realizados pela internet, um dos problemas encontrados pelas empresas é o local de transmissão.

Afinal, é preciso uma boa conexão de internet e uma ferramenta de qualidade que irá garantir que as informações, áudios e imagens cheguem ao público alvo. Aqui na 4.events desenvolvemos uma ferramenta exclusiva para a realização de eventos online, a 4web.live.

De forma segura e prática, você poderá fazer a transmissão do seu evento apertando um único botão e, desta forma, não precisa se preocupar com tempo de duração, nem com limite de participantes, como ocorre com outras ferramentas de transmissão online.

3 – Tenha um roteiro bem definido

Entre os passos para organizar e garantir um evento de sucesso não poderíamos deixar de salientar a importância de um bom roteiro.

Este é o momento de sentar com sua equipe e trocar informações sobre cada parte do evento. Desenvolvam também um cronograma, que inclusive poderá servir como base para fazer a divulgação do evento.

O roteiro funciona como um guia norteador para que cada participante saiba exatamente o que vai acontecer, o conteúdo a ser abordado e ainda ajuda e lembrar de todas as informações importantes que você precisa comunicar ao público.

4 – Convidados especiais e interação com o público

Se possível, coloque em seu evento convidados especiais para tratar de assuntos relevantes e que sejam de interesse do seu público alvo.

Isso permite criar um espaço dentro do evento onde o público possa interagir com perguntas, deixando tudo mais dinâmico.

5 – Organize sorteios e brindes

Agora, se você quer mesmo organizar um evento de sucesso, vale lembrar da importância dos brindes e sorteios. Você pode desenvolver brindes com a logomarca da sua empresa e presentear algumas pessoas, clientes e parceiros.

No caso do evento online, vale a pena também oferecer alguma promoção ou cupom de desconto para que os participantes possam comprar produtos e serviços da sua empresa. Separamos nesse artigo 5 ideias criativas para eventos online. Vale a pena conferir!

Esses são alguns dos passos mais importantes para organizar e garantir um evento de sucesso. Se você ficou interessado em saber mais sobre a 4web.live, converse agora mesmo com a nossa equipe!

Categorias
Notícias

Dicas Criativas para o seu Evento Corporativo

Os eventos corporativos, além de atrair convidados que agreguem valor para a empresa, devem também proporcionar uma experiência única e interessante para que consigam gerar engajamento do seu público.

A ideia é ter um evento corporativo que faça sentido para quem participa dele, mas que também deve conversar com o conteúdo que a marca quer apresentar. Tudo isso deve ser realizado da maneira mais criativa possível.

Pensando nisso, separamos aqui algumas dicas interessantes de se considerar na hora de planejar e executar, tornando-o um acontecimento incrível para quem presenciá-lo.

Invista em tecnologia e interatividade

O avanço da tecnologia nos proporciona cada vez mais possibilidades de oferecer experiências distintas, tornando esta uma opção muito interessante de oferecer a todos os seus convidados, com os mais variados aparelhos para gerar uma interação com o público.

Incluir um vídeo mapping (projeção de elementos visuais em paredes) é uma opção para atrair as pessoas, tanto em locais fechados, quanto em áreas externas, ajudando tanto na decoração da festa, quanto na confraternização entre todos.

Criar um aplicativo para o evento corporativo também é uma ideia considerável, já que estamos usando um a todo momento no nosso dia a dia. Ele pode ser usado para realizar sorteios, receber feedbacks dos participantes e inúmeras outras possibilidades.

Usar da realidade virtual é, cada vez mais, uma realidade, podendo utilizar um óculos capaz de suportar a tecnologia, ou uma câmera 360°. Nela também é possível fazer as pessoas compartilharem sua experiência em suas redes, a fim de expandir ainda mais a sua marca.

Ofereça um Wi-Fi de qualidade

É comum participar de eventos que disponibilizam um acesso a uma rede de internet própria, mas é mais comum ainda notar que, quase sempre, é melhor ficar com os dados móveis do seu smartphone.

Portanto, a dica é não subestimar o poder que uma conexão de qualidade tem, principalmente se o seu objetivo é expandir a experiência para além do evento em si, compartilhando as experiências por meio das redes sociais.

Calcule corretamente a velocidade da internet que precisa contratar com base na quantidade de convidados e de aparelhos que estima receber.

Áreas de relaxamento

Apesar de ser importante manter as pessoas circulando dentro do ambiente, também é interessante investir em áreas comuns de descanso, com cadeiras, redes, sofás e/ou pufes, que podem levar o logo da empresa, ou mesmo as suas cores, a escolha é sua.

O foco é manter todos confortáveis e dispostos enquanto estiverem dentro do seu evento, mostrando que você se preocupou com quem precisa ou quer descansar um pouco enquanto estiver fora de casa.

Incentive o compartilhamento nas redes

Por fim, mas não menos importante, busque criar um, ou dois espaços, para que os seus convidados se sintam estimulados a tirar fotos, para depois compartilhar em suas redes sociais, como o Facebook e o Instagram.

Esse é o momento ideal para incluir o seu logo, divulgar seu nome e conseguir mais exposição do que apenas para quem está lá presente.

Gostou das dicas?

Acesse o nosso site e se inscreva em nosso newsletter.

Categorias
Notícias

Como Fazer uma Live: Guia de Transmissão Online de Eventos

Com a pandemia do novo Coronavírus, as pessoas foram forçadas a se isolar, ao menos fisicamente. Uma das saídas para boa parte dos empreendimentos, foi a realização de lives, a fim de reduzir os custos e de atingir um público maior.

Os eventos corporativos não fugiram dessa regra, já que em 2020 muitas empresas se viram obrigadas a fazer eventos via streaming, sendo realizados nas mais diversas plataformas, como o Instagram, o Facebook, o YouTube e o Zoom Meeting, por exemplo.

Mas não basta apenas ligar a câmera e sair falando, é preciso seguir uma série de passos para que tudo saia da melhor forma possível, transmitindo uma boa imagem, tanto para a empresa, quanto para o seu público. Assim, aprender a como fazer uma live de qualidade nunca foi tão importante quanto agora.

Por isso, criamos um guia completo para tirar todas as suas dúvidas sobre as transmissões online. Veja abaixo, o nosso guia de como fazer uma live.

Tenha os equipamentos adequados para fazer uma live

como fazer uma live 1

Como foi citado acima, apenas ligar a câmera do celular e falar o que vem à cabeça não é aconselhável, lembre-se que é a imagem da empresa que está em jogo aqui. Existe um preparação necessária para que tudo ocorra bem e o resultado esperado seja alcançado.

Por isso, um dos primeiro passos para realizar a live é checar quais são os equipamentos adequados. A imagem e o som precisam chegar com qualidade aos espectadores e a alta definição é essencial nesse sentido. Para entregar uma experiência incrível para quem está assistindo, você deve buscar investir nos melhores recursos.

De preferência, ligado a um computador com uma placa de captura, permitindo visualizar o áudio e a imagem que estão sendo captados. Ter mais de uma câmera é uma boa opção, já que diferentes pontos de vista dão um maior dinamismo ao evento. Podendo ser por exemplo uma webcam e a sua câmera do celular.

Aliado a isso, ter um bom som é tão importante quanto uma boa apresentação, sendo esse um fator muito relevante na decisão dos usuários em continuar, ou não, assistindo o seu conteúdo. Pois, falhas no áudio pode distrair as pessoas do que está sendo apresentado, prejudicando a mensagem passada.

Então, investir em equipamentos de captação de som, assim como uma mesa para organizar tudo, é vital para o sucesso da transmissão.

Boa conexão de internet

Fazer um streaming demanda uma quantidade alta da banda, bem maior do que costumamos usar no nosso dia a dia. Ela precisa ter uma capacidade de upload muito boa, para que não ocorram interrupções durante a live.

De preferência, a internet que será usada para este fim, deve estar sendo usada apenas para isso, a fim de evitar problemas durante a realização do evento.

Aconselhamos também o uso da internet cabeada na hora da transmissão, pois ela apresenta uma maior estabilidade e qualidade da conexão.

Escolher a plataforma certa de transmissão online

como-fazer-uma-live
Captura de uma transmissão online realizada através do 4web.live

Para escolher a plataforma que melhor se enquadra para realizar o seu streaming, você precisa definir qual o público que quer atingir, assim como seu objetivo, se será uma transmissão aberta ou restrita e outros pormenores necessários para não haver problemas.

Se o seu objetivo é atingir o maior público possível, considere fazer a live no Instagram, Facebook, YouTube ou Twitch, que são as redes sociais mais populares na atualidade.

Apesar de haver a opção para eventos restritos nas opções acima, para transmissões mais fechadas é interessante considerar o Zoom Meeting ou o Google Meeting.

Gostaria de aprender mais a como fazer uma live incrível para os seus participantes? Nós podemos ajudá-lo a fazer o seu evento online, acesse o nosso site e fale com um de nossos especialistas. Venha conhecer as nossas soluções que vão revolucionar as suas transmissões!

Categorias
Notícias

4 Passos Infalíveis Para Fazer um Seminário Criativo e de Sucesso

Quando vamos apresentar um seminário, um dos nossos principais objetivos é atrair a atenção de quem está nos assistindo, e mantê-lo assim enquanto estivermos falando sobre o nosso tema. Logo, nada melhor do que organizar um seminário criativo para motivar seus participante, não é mesmo?

Afinal, não basta o assunto ser interessante, ou mesmo relevante para o público que está presente, é necessário ser criativo, ainda mais se o dia for repleto de diversos seminários. Sendo assim, é cada vez mais essencial aprender a como fazer um seminário criativo, pois a inovação tem sido decisiva no desenvolvimento de qualquer evento. Isso tudo para se destacar e ser lembrado, o que vai significar o sucesso de sua apresentação.

Para te ajudar a montar um seminário criativo e de sucesso, separamos quatro dicas para você manter a sua audiência ligada no seu discurso o tempo todo. Desse modo, será impossível não se destacar no mercado.

1- Conte uma história interessante

Desde pequenos acostumamos o nosso cérebro a acompanhar histórias, seja para aprendermos com a experiência das outras pessoas, ou como um meio de entretenimento. Essas características fazem deste tipo de comunicação um dos mais poderosos que temos.

Por meio desta ideia, fica mais natural manter as pessoas interessadas no que você está dizendo, ajudando todos a lembrar de pontos que foram citados há um tempo atrás, ajudando a criar ligações quando estiver no fim do conto.

Apenas apresentar os fatos referentes ao seu trabalho, como números, dados, orçamentos, etc., jogando as informações para os espectadores pode não surtir o efeito e impactar os seus participantes do modo ideal. Em vista disso, busque contar tudo de uma forma organizada, com uma história como pano de fundo.

2- Faça perguntas nos momentos certos

Apenas contar algo, sem envolver diretamente a plateia presente, por mais interessante que seja a sua história, vai acabar perdendo a atenção de algumas pessoas.

Para minimizar isso, quando julgar relevante, faça um questionamento a todos, transformando a sua apresentação de algo passivo para os ouvintes, para uma busca ativa pela resposta certa, que eles vão achar através da sua oratória.

Ao fazer isso, você quebra o ritmo do seminário, indicando que o próximo ponto dito, será algo importante para a continuidade e entendimento. Com certeza os seus inscritos irão se sentir mais motivados e empenhados em interagir no seu evento.

3- Faça uso do humor

Por mais sério e pesado que seja o assunto apresentado, é preciso buscar deixar o ambiente mais leve e descontraído, mesmo que apenas por alguns instantes. Mas calma, isso não significa ter de introduzir piadas aleatórias em seu discurso, mas sim de ser alegre e agradável.

Ao usar essa ideia, você vai “quebrar o gelo” na relação com o público presente, possibilitando que todos se sintam mais tranquilos e à vontade com a sua presença à frente deles, com a chance de trazê-los para o seu lado, facilitando o seminário de forma geral.

4- Monte um PowerPoint complementar a sua apresentação

A exibição dos slides que vai acontecer durante o seu discurso, não pode repetir tudo o que está sendo dito. Isso tira a sua força, afinal, já que tudo que está escrito vai ser apenas repetido, qual a razão de prestar atenção?

Portanto, monte seu PowerPoint para que ele complemente a sua fala, ou seja, faça-o agregar pontos para a sua história, sem tirar a sua relevância no contexto geral.

Pense em um design interessante e que destaque suas ideias, para que ele oriente seu público, mantendo todos focados e interessados no que você tem a dizer.

Ficou interessado em saber como fazer um seminário criativo e de sucesso em um só lugar? Nós podemos te ajudar a deixar o seu seminário mais atraente para todos. Acesse o nosso site, confira nossos serviços.

Categorias
Notícias

O que é um simpósio?

Entre as categorias de eventos acadêmicos, o simpósio é um dos que mais se destacam. No entanto, ainda existem muitas dúvidas a respeito desse tipo de evento, principalmente, com relação ao o que é um simpósio. Sendo assim, decidimos sanar algumas dúvidas a respeito desse evento tão importante para muitos acadêmicos.

Veja a seguir sua definição, propósito e características que definem esse tipo de encontro.

O que é um simpósio?

Um simpósio é um evento científico que reúne pesquisadores de uma determinada comunidade científica para apresentar os seus estudos sobre um tema específico.

Atenção, essa é uma das principais características desse tipo de evento: ele acontece em torno de um recorte bem delimitado de um assunto para que todos os participantes apresentem as suas perspectivas e, assim, possam evoluir na busca por uma solução ou explicação daquilo.

É um debate em torno de uma pesquisa previamente definida em que cada estudioso expõe os seus resultados. Além disso, diferente de outros tipos de eventos científicos, como o congresso, o simpósio acontece em um único dia.

Estrutura do simpósio

Desde que mantido o propósito, cada simpósio pode ter suas próprias regras. Por exemplo: os organizadores vão definir em que formato os participantes vão expor suas pesquisas, seja por meio de um pôster, apresentação multimídia ou oral.

Além disso, no simpósio também existe a figura do moderador, mas ele não pode interferir no tema que está sendo abordado e nas falas dos especialistas.

Diferença entre simpósio e seminário

Esses dois eventos científicos são essencialmente diferentes. No caso do seminário, existe um assunto central, mas que ainda não foi muito explorado. Além disso, ele acontece em três etapas: primeiro um pesquisador convidado expõe o tema em questão, depois discute esse tema e abre para uma plateia participar do debate.

Mas perceba que por ser mais abrangente quanto ao objeto de estudo, não existe esse intuito de se aproximar o máximo possível da solução do problema de pesquisa. Ele tem mais a intenção de levantar o assunto.

Quem pode participar de um simpósio?

Quem se apresenta no simpósio são estudiosos convidados pela organização do evento científico, que precisam ter se dedicado profundamente na pesquisa sobre o tema a fim de trazer os resultados dessa pesquisa, ainda que não sejam definitivos.

No entanto, a maior parte deles tem plateia, da qual fazem parte outros pesquisadores da área, docentes, estudantes e pessoas que tenham algum tipo de interesse no assunto em debate.

Qual a importância dos simpósios?

A ideia sempre é que o conhecimento científico, produzido academicamente, sirva à sociedade e proporcionem melhorias que beneficiem as pessoas, direta ou indiretamente.

Produzir conhecimento apenas para que ele fique restrito à comunidade científica não tem sentido. Neste contexto, o simpósio é fundamental porque se debruça sobre um problema de pesquisa específico, buscando se aproximar cada vez mais da sua solução e esse é o primeiro passo para que todo esse estudo possa ser aplicado em prol da sociedade.

Neste tipo de evento, estudiosos reúnem suas forças e perspectivas para encontrar respostas que depois vão se transformar em vacinas, novos métodos de educação, medicamentos, tratamentos e diversos outros benefícios. Por isso, toda a sociedade sai ganhando com os investimentos em eventos dessa natureza.

Agora que você conhece esse evento o que acha de aprender a melhorar o desempenho do seu evento científico? Para isso, nós temos cursos e treinamentos exclusivos com a finalidade de enriquecer seu conhecimento sobre a área de eventos. Confira agora mesmo neste link!

Assine a nossa newsletter e receba nossos conteúdos em primeira mão.

Categorias
Notícias

Como funciona crowdfunding

O termo “crowdfunding” nunca esteve tão em voga quanto nos últimos meses. A iniciativa tem sido cada vez mais utilizada para financiar os mais diversos projetos e até mesmo demandas pessoais.

Mas o que de fato significa? Como funciona? Saiba tudo nesse artigo!

O que é crowdfunding?

A tradução literal de crowdfunding significa “financiamento pela multidão”. Ou seja: a ideia é reunir várias pessoas, de diferentes localidades, que acreditam em um determinado projeto e, por isso, aceitam participar do financiamento dele, doando as mais variadas quantias em dinheiro.

A ideia é baseada no conceito da economia colaborativa, uma tendência absoluta, e na premissa de que quando as pessoas se unem, elas se aproximam muito mais de um objetivo. Aqui no Brasil, o crowdfunding é chamado de financiamento coletivo.

Essa modalidade de captação de recursos se popularizou por conta da internet. Por meio dela, é possível tomar conhecimento de projetos de qualquer lugar do mundo e colaborar com eles.

Tipos de arrecadação

Existem quatro grandes tipos de campanha de crowdfunding que podem ser realizadas:

Doação: quando as pessoas doam uma quantia para o projeto e não recebem nada por isso;

Recompensa: modalidade na qual todas as pessoas que fazem as suas doações recebem uma recompensa por isso;

Equity crowdfunding: nesse caso, o doador é uma espécie de investidor. O projeto em questão visa obter lucros que serão divididos com essas pessoas que contribuíram;

Debt crowdfunding: funciona como um tipo de empréstimo, ou seja, o valor que foi “doado” vai ser devolvido posteriormente, normalmente com juros.

A escolha de qual tipo de campanha será feita vai depender das características e objetivos do projeto.

Campanha flexível x tudo ou nada

Uma campanha de crowdfunding também vai precisar se enquadrar em uma dessas duas categorias.

Na campanha flexível, existe uma meta de arrecadação, mas mesmo que ela não seja atingida, a pessoa que está por trás do projeto vai receber o dinheiro para utilizar. Já na opção tudo ou nada, também existe uma meta, porém, se ela não for atingida, os valores serão devolvidos para as pessoas que doaram.

Que tipo de projeto pode ser financiado por crowdfunding?

Basicamente, qualquer um! É possível que a plataforma de financiamento específica estabeleça algum tipo de critério. Mas, de maneira geral, é possível iniciar campanhas de financiamento coletivo direcionadas a qualquer tipo de projeto.

Logicamente, é importante que ele seja ético e idôneo. Além disso, para conseguir uma boa arrecadação, o projeto precisa ser bem apresentado, ter seus objetivos definidos e uma divulgação eficiente! Além disso, também é interessante que o seu responsável preste conta aos doadores depois que receber as doações.

Como criar uma campanha de crowdfunding?

Para criar uma campanha, basta se cadastrar em uma das plataformas específicas de financiamento coletivo. Entre as mais conhecidas, temos a Catarse, Kickstarter, Benfeitoria, Kria e Kickante.

Em geral, é muito simples: você preenche um cadastro com seus dados e a descrição do seu projeto e o financiamento já fica disponível para ser divulgado e iniciar a arrecadação.

Gostou deste artigo? Quer ter acesso a mais conteúdos exclusivos? Inscreva-se na nossa newsletter ou confira nossos cursos para aprender mais sobre o mundo dos eventos.

Categorias
Notícias

5 dicas para um Evento Perfeito

Os eventos corporativos estão entre as estratégias mais promissoras para impactar o público interno e externo dos empreendimentos, construindo um vínculo mais próximo com os seus stakeholders. Porém, isso só acontece quando o evento é bem-sucedido! Quer saber como deixar seu evento perfeito e um grande sucesso? Confira 5 dicas infalíveis!

1) Tenha objetivos bem definidos

Muitos empreendedores ainda acham que basta reunir uma quantidade de pessoas e o evento acontece. Mas a verdade é que ele precisa ter objetivos bem definidos. O propósito do evento é o que vai direcionar qual será o público-alvo, se ele pode ser online ou precisa ser presencial, qual a melhor data e horário, qual a estratégia de divulgação mais adequada e todos os outros aspectos essenciais.

Esse objetivo pode ser o lançamento de um novo produto ou serviço, comemoração de metas atingidas, fortalecer o vínculo com clientes em potencial e diversos outros. O importante é partir sempre desse princípio.

2) Defina o seu público-alvo

A partir do objetivo, o próximo passo é fazer o recorte do público-alvo desse evento. Vai ser para clientes recorrentes? Para clientes novos? Para colaboradores? Para fornecedores? Depois disso, defina qual será a quantidade de pessoas esperadas. Trabalhe com uma quebra de 20%, ou seja, se você espera 100 convidados presentes no evento, procure ter 120 confirmações.

3) Traga um chamariz para o seu evento

Independente do público-alvo, é importante ter em mente que o seu convite vai disputar a agenda do convidado com muitos outros compromissos. Por isso, é essencial adicionar ao evento algum chamariz, algo a mais que desperte a vontade da pessoa de comparecer e participar. Pode ser um palestrante para fazer um talk bem dinâmico, uma companhia teatral para uma apresentação, um show com artista local. Enfim, essa atração vai depender muito dos tópicos anteriores, mas é importante que ela exista!

Inclusive, no ato do convite já interessante que o convidado saiba o que vai acontecer no evento, até mesmo com um cronograma das atividades propostas.

4) Crie um cronograma

Organização é tudo para um evento de sucesso! Coloque no papel todas essas definições dos tópicos anteriores, quais são os fornecedores com seus respectivos contatos, quando esses fornecedores precisam ser contratados, onde o evento vai acontecer, quem estará responsável por cada função. Também é interessante se reunir frequentemente com a equipe envolvida no evento para saber qual o status de cada um. Assim, todos estarão bem alinhados!

Nesse momento da organização, aproveite para estabelecer de forma clara o seu orçamento, distribui-lo para cada despesa referente ao evento e não ultrapassá-lo.

5) Invista no pós-evento perfeito

Não deixe de fazer contato com as pessoas que participaram do evento para saber qual a opinião delas e o que elas acham que poderia ser melhorado em uma próxima oportunidade. Também converse com todo o staff que trabalhou no evento para saber o que deu certo ou não, se tudo seguiu o script esperado ou se algo fugiu do planejamento e, nesse caso, exatamente o que foi.

Realizar eventos corporativos de sucesso é uma arte que exige prática e boas parcerias!